Conselheira da SACJ é eleita para representar a região do Morumbi no Conselho Participativo Municipal

A Procuradora do Estado aposentada, Laís Helena Domingues de Castro, atualmente advogada e conselheira da Sociedade Amigos de Cidade Jardim (SACJ), foi eleita em primeiro lugar nas eleições de domingo (8/12/2019) para compor o Conselho Participativo Municipal da cidade de São Paulo por dois anos, representando a região do Morumbi pertencente à Subprefeitura do Butantã, obtendo 70 votos num total de 255 entre 8 candidatos.

Entre os vários temas de interesse do bairro, um que tem chamado muita a atenção dos moradores, refere-se ao aumento dos casos de realização de festas barulhentas organizadas em casas vazias, alugadas por um dia, as quais duram 12 horas ininterruptas com música extremamente alta e sem cumprir as exigências de casas noturnas festivas.

É consenso entre os moradores que o aluguel profissional dessas casas vazias para baladas “raves”, as quais são realizadas por organizadores com venda de ingressos antecipados, trazem enormes transtornos e incômodos aos moradores que não conseguem silêncio e descanso merecidos nos finais de semana.

Isso sem falar no “entra e sai” de carros e estacionamento irregular nas ruas do bairro, com todos os inconvenientes advindos disso.

Assim, fica caracterizada a burla da legislação vigente, eis que o bairro de Cidade Jardim é estritamente residencial não comportando este tipo de desvirtuamento da lei de zoneamento.

A SACJ e a conselheira eleita pretendem atuar perante a Subprefeitura, comunicando o incremento dessa prática ilegal e solicitando a rigorosa fiscalização das autoridades competentes, inclusive acionando o Ministério Público do Estado, se necessário.

Outrossim, a SACJ e a conselheira eleita pretendem realizar reuniões periódicas com os moradores de cada “Bolsão”, com o intuito de ouvir os anseios, demandas e prioridades dos moradores em relação ao bairro, de modo a fazer a interlocução perante a Subprefeitura.

Além disso, Laís Castro continuará sua atuação junto à diretoria da SACJ em prol da implantação do projeto Moderação de Tráfego em todos os bolsões da Cidade Jardim, visando diminuir o trânsito nas ruas internas do bairro, o que, consequentemente, trará maior segurança aos moradores.

A SACJ e a conselheira eleita tem a firme convicção que os direitos da população e os interesses públicos devem ser preservados impedindo a degradação do bairro e a queda da qualidade de vida de seus moradores. Toda prática que viole isso será objeto de ações concretas e efetivas perante a Subprefeitura e demais autoridades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *