Diretoria da SACJ se reúne com SP Urbanismo para conhecer melhor proposta para o PIU do Jockey

Nesta quinta-feira, 28 de novembro, representantes da diretoria da Sociedade Amigos da Cidade Jardim (SACJ), como seu presidente, Marcelo Gatti Reis Lobo; sua conselheira, Laís de Castro; sua diretora executiva, Solange Melendez; sua secretária, Manoela Monteiro; e  o arquiteto Ricardo Gardinal, da Plareng; estiveram reunidos com o assessor da Superintendência de Estruturação de Projetos da SP Urbanismo, Fernando Gasperini, para tratarem do Plano de Intervenção (PIU) do Jockey Club e dos projetos da associação para o Bolsão 1, área lateral ao Jockey.

O objetivo da reunião foi apresentar o projeto Moderação de Tráfego para o Bolsão 1, área vizinha ao Jockey e conhecer o que propõe o PIU do Jockey.

A reunião foi aberta pelo presidente da SACJ, Marcelo Lobo. Ele afirmou que a maioria dos moradores da Cidade Jardim é favorável à revitalização da área.

Fernando Gasperini explicou que os Planos de Intervenção Urbana (PIUs) são áreas onde a cidade tem prioridade de crescimento. O grande desafio é proporcionar desenvolvimento sustentável, mas levando em conta o contexto da vizinhança.

O assessor da SP Urbanismo esclareceu ainda que não há um projeto para a área. O texto que foi colocado para uma primeira consulta pública foi o diagnóstico ambiental e sócio-econômico da região. Ele esclareceu que as contribuições àquela proposta serão sistematizadas e acrescentadas ao texto já para a segunda consulta pública. “Ainda haverá uma terceira consulta pública e todo o processo deverá ser concluído até março/abril de 2020. O desfecho será por meio da publicação de um Projeto de Lei ou Decreto Municipal”, disse.

Em seguida, o arquiteto Ricardo Gardinal, da Plareng, empresa contratada pela SACJ para elaborar o projeto de Moderação de Tráfego, apresentou a proposta para o Bolsão 1, que prevê a implantação de um boulevard na rua José Augusto de Queiroz e outras mudanças.

Laís de Castro, conselheira da SACJ e moradora do Bolsão 1, detalhou os benefícios que a Moderação de Tráfego poderá trazer aos moradores daquela área, que são diretamente impactados quando da realização dos eventos no Jockey atualmente.

Fernando Gasperini indagou sobre o andamento do projeto de Moderação de Tráfego na CET.

Marcelo Lobo e Ricardo Gardinal relataram que o projeto para toda a região já foi aprovado pela CET, e inclusive, já foi implantando em alguns pontos, como nos Bolsões 5 e 6, este último, área em frente ao Jockey.

O representante da SP Urbanismo não vê os dois projetos – o PIU do Jockey e o projeto de Moderação de Tráfego da SACJ – como excludentes, mas como complementares e que podem fazer uma integração naquela região.

Para encerrar o encontro, informou que vão ouvir outras associações que se manifestaram na primeira consulta pública do PIU do Jockey e reforçou que a Sociedade Amigos da Cidade Jardim (SACJ) será sempre convidada a participar de todo o andamento do processo do PIU do Jockey.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *